18 de maio de 2012

Ame-se!



Quando gostamos de alguém tratamos essa pessoa com sutileza, carinho e respeito. Se a pessoa precisa ser ouvida, apenas deixamos nossos ouvidos atentos para ouvi-la. Sem fazemos qualquer tipo de julgamento.  Se a pessoa precisa chorar, emprestamos nossos ombros para que ela possa desabafar. Dá conselhos, ajudar, torcer por alguém que amamos é natural. A situação muda com trata-se de nós mesmos. Coloque-se no lugar da pessoa que tão estima. 



  • Você se trata com sutileza?
  • Você respeita a si mesmo?
  • Você importa com seus sentimentos?
  • Alguma vez se perguntou o que faz para sua própria felicidade?
  • Cuida da sua saúde física e mental?
  • Perdoa-se com frequência?

Gostar de si mesmo, e fazer o que lhe faz bem – nunca foi e nunca será egoísmo. É apenas oferece a si o que é bom, conheça-se! Saiba o que lhe causa medo, descubra suas aflições, e o mais importante acredite que é merecedor de amor e respeito.

Ou você é do tipo se que abandona? Culpa-se diariamente por ter errado? Passamos maior parte da vida jogando pedra em nós mesmos, lutando para sermos uma pessoa melhor e acabamos nos esquecendo do essencial: Nos amar!

Ame-se! Igual aquele bolo de chocolate que você tanto adora – igual aquele sorvete de morango (se não gosta do sabor, escolha o seu favorito) Ame-se igual aquela música que lhe faz balança o esqueleto. Ame-se como amaria a pessoa mais importante do universo para você.



Somos muito mais do que vemos no espelho; treine sua autoestima diariamente, trate-se bem, cuide de seu corpo, saúde e mente. É como aquele velho ditado: “Se você não se amar, quem vai lhe amar?”.

Inicie sua relação de amor com você mesmo, lembre-se você pode tropeçar algumas vezes, mas se vencer o mérito é todo seu! 

"Eu me amo! Eu me amo!
Não posso mais viver sem mim!".

 

Beijos,
Érica Lopes

9 comentários:

Lana Aguiar disse...

Perfeito amiga! Pra praticar o amore temos que primeiro amar a nós mesmos, e isso nada tem haver com egoísmo, é cuidado, é zêlo, somente quando aprendemos a nos amar é que podemos tbm oferecer um amor puro e verdadeiro!

Bom Dia!!!!

Aione Simões disse...

Oi flor!
Que post mais especial!
Concordo em gênero, número e grau com você! Temos que nos amar, temos que cuidar de nós mesmos, porque só quando estamos bem conosco é que somos "úteis" para o próximo. Amar a nós mesmos é o primeiro passo para amar o próximo, estar bem consigo mesmo desencadeia milhares de benefícios.
Nada paga o preço de conhecer suas qualidade e defeitos e, com isso, de se sentir seguro sendo quem se é e se amando e se aceitando.
Enfim, adorei o post!
Beijão!

Cida disse...

Oi!!

Todos deveriam ler este texto, eu gostaria de um dia ter conhecido, antes de alguns fatos.
Hoje aprendi, então recomendo a leitura.

Bjos,
Cida
http://www.moonlightbooks.net/

Neiva Meriele disse...

Oi Érica amei o post eu to precisando me amar mais mesmo kkk. As vezes a deprê me pega e só quero saber de usar pijama dia e noite, preciso me valorizar como um delicioso bolo de chocolate, bem recheado rs. Beijos amiga.

Paloma Viricio:: Jornalismo na Alma:: disse...

Muito fofinho o texto. Devemos nos amar de forma incondicional SEMPRE!
Beijocas!
http://palomaviricio.blogspot.com.br

Pollyanna disse...

Simplesmente amei o post. Devemos nos amar em primeiro lugar, mais nem sempre é assim... E isso é muito triste!
Beijos

Marco Antonio disse...

Boa tarde Érica,

Parabéns pelo texto, muito bonito e inspirador...parabéns....abçs.

http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

mila disse...

Lindo Erica!! ^^
Eu me amo!! hehe

beijoss
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Rosa Soares disse...

Érica, eu concordo com o teu post. Muitas vezes nos doamos demais e amamos mais os outros do que a nós mesmo. Amor próprio é essencial. Bjos e boa semana.

http://www.soentrenosmulheres.co.cc/

 

Primeiro Livro © 2012 - Todos os Direitos Reservados. Amanda Cristina