9 de novembro de 2012

Retaguarda? Não mais!







Praticamente todos os dias antes de dormir, eu tiro alguns minutos para pensar ou/e na maioria das vezes para agradecer. O bom de vagar por nossa mente é perceber o quanto crescemos com passar do tempo, e essa sensação de dever cumprido depois de anos – resolveu  aparecer me trazendo calmaria.

Já fazia uns bons anos que eu guardava sentimentos contidos, olhando sempre de um lado e do outro para ninguém descobrir. Isso foi crescendo, passei muito tempo acumulando o que eu queria sair gritando aos quatro ventos. Você não consegue segurar certas situações a vida toda, e repente, eu decidi chutar o pau da barraca e tudo foi pelos ares. Toda escolha tem uma consequência. Doeu, mas faz um bem danado.

Eu poderia ter feito isso antes, eu sei. Acredito muito naquela velha frase: “ talvez não fosse o momento.”.

Agora já chega! minha mente gritou desesperadamente. E, eu como sou uma boa menina a escutei. Radicalizei! Sai da mesmice e hoje só de pensar o quanto desperdicei,  me dá nervoso.

Pare com esse medo bobo! Se jogue para vida e seja feliz! Demorei para aprender, mas aprendi. Ainda bem que não foi tarde! Eu me escondia atrás de alguém que não era, colocava um sorriso no rosto que eu não queria mostrar.

Agora me sinto livre, posso colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquila. Pois, ficar na retaguarda quando se pode ser feliz é bobagem!
 

10 comentários:

Neiva Meriele disse...

É isso aí amiga. Tomar certas decisões nem sempre é fácil mas na maioria das vezes nos dá aquela sensação de dever cumprido. Não sei qual foi essa decisão mas se a fez feliz é isso que importa. Beijos.

Marco Antonio disse...

Boa tarde Érica,

É isso ai, a vida é muito boa para ficarmos amarrados em situações que não valem a pena....abçs.


http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Aione Simões disse...

Bem isso mesmo :)
Tomar as atitudes mais fáceis não são, necessariamente, as certas e as que nos fazem feliz.
Adorei o que você falou sobre passar muito tempo agradecendo. Acho que todos deveríamos fazer isso, a vida se torna muito mais bela quando nos sentimos gratos por ela ao invés de apenas reclamarmos das partes que não estão como gostaríamos.
Beijos, querida!

Criticando por aí - Caroline disse...

Érica, acho que todo ser humano pensa assim! Acho lindo, demais, esse fato da gente pensar, sonhar, depois pensar e rever tudo de novo... aiai, faz aprte da vida e a vida sabe como ser maravilhosa em cada momento!

Beijos,
Caroline, do Criticando por Aí

Evy disse...

Oi flor!
Parabéns!

As vezes a gente se prende às coisas e pessoas mesmo sabendo que aquilo no faz mal.
Por que será que somos assim, né?

Fico feliz por vc estar tranquila com a sua decisão!

Saudades daqui!

Beijinhos,
Evy

Bruna Fernandes disse...

Érica,

Esse texto define exatamente o momento que eu estou vivendo, tb sempre tive essa sensação, de viver me escondendo por trás de algo, se libertar disso é a chave da felicidade mesmo!

Bjos

camila disse...

Oi Erica, não pode pensar em Desperdício... tem que pensar
em aprendizado...
Como quando eu terminei meu namoro de 3 anos e 5 meses,
fiquei meia pra baixo achando que desperdicei tempo, mais
depois percebi que ganhei experiencia com tudo que vivi..
E não perdi tempo não....
(Desabafo...) hehe
E vamos ser feliz!! Correr atras dos Sonhos!! ^^


Beijoss

Promoção de niver 3
Participa?
http://migre.me/bKBuq

Luara Cardoso disse...

É isso aí! Não podemos ficar presos a coisas que não nos empurram pra frente. :)

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Camila Gomes disse...

Oi Érica,

Eu também estou descobrindo essa leveza de se jogar na vida e dormir com a consciência tranquila de não ter ficado devendo nada a ninguém e, principalmente, a mim.

Beijos
Camila Gomes
http://camillacris.blogspot.com.br/

Marcelle Dantas disse...

Olá minha flor!

Me identifiquei muito com o post, porque é bem isso mesmo. Mas temos de saber que temos o maior amor do mundo... o de Cristo! Só isso já basta, podemos fazer e ir aonde quisermos... devemos ser fortes e livres. Tô nesse momento, de vida, de viver... rs

Estava com saudades de passar aqui! rs

Beijos,

Marcelle
bestherapy.blogspot.com

 

Primeiro Livro © 2012 - Todos os Direitos Reservados. Amanda Cristina