12 de setembro de 2012

Defeitos X Amor



Quando eu tinha 12 pra 13 anos, sonhava que o príncipe encantado viria me buscar em seu cavalo branco. Achava também que o tal príncipe não tinha defeitos, e nós viveríamos felizes para sempre! O problema que nós mulheres gostamos de sonhar quando o assunto é amor, estou enganada? Quer vê só: quem nunca sonhou em casar de véu e grinalda? Pois é.

O que vem em nossa mente quando falamos de amor? Romance, flores, carinho, jantarzinho á dois e intermináveis noites de amor. E as brigas? Cadê elas? Tudo vai bem obrigada até atender nossas expectativas — quando algo não sai do que jeito que a gente espera. O amor de lindo passa a ser feio.

Não vou negar que até pouco tempo, eu valorizava somente os momentos bons. Claro, pra que valoriza as brigas? Eu pensava. Mas geralmente aprendemos muito com o momento de dificuldade da vida afetiva.

Foi aí, que sai dos “contos de fadas” e percebi que o amor não era aquela coca-cola toda. Os filmes, nos mostra um amor bem diferente do real. O que é lindo de se vê. Abrir mão daquele conceito tolo de príncipe encantado — comecei a aceitar o amor do jeito que ele é.  



Tudo faz parte de um conjunto, é como tentar fazer um bolo. Ás vezes, ele não fica tão bom como gostaríamos, porém, quando fica o sabor é delicioso.

Se relacionar com alguém é estar ciente de que outro tem defeito, igualzinho ao seu. São duas cabeças pensantes, com ideias e opiniões diferentes. Não vou dizer que não cansa, sim cansa! É maçante muitas das vezes. Mas aí que tá, os dois devem manter o equilibro e saber lidar com as diferenças.

Eu evoluir muito sobre a palavra amor. Aprendi a deixar meu orgulho de lado [o que não foi fácil] revi meus conceitos e considerei o fato de sermos imperfeitos. Na minha cabeça, a pessoa amada tinha que ser incrível, fazer todos os meus gostos e minhas vontades [meu lado mimada falava mais alto].

O amor é lindo, sim minha gente! Para enxergar sua beleza, devemos encarar os fatos: os defeitos existem, as brigas e os momentos ruins também. 


O mundo está perdido: os valores, as pessoas. [...] Defeitos todos temos e vale lembrar que trocar de homem ou de mulher é trocar de defeitos, de problemas [risos]. Então, se os defeitos não forem terríveis, temos que aprender a conviver com eles assim mesmo. Ah, amor e respeito devem andar juntos.   Susana Werner


Beijos,
Érica Lopes

9 comentários:

Vinícius Costa disse...

Você é uma das minhas escritoras favoritas, sabia? Rsrs...
Devia lançar livro após livro!
Ainda quero ler Londres!

Um beijo,
Vinícius - Livros e Rabiscos

Luara Cardoso disse...

Quando a gente para de idealizar o amor, as coisas ficam mais claras, mais gostosas até. Eu adoro reconciliações, só digo isso. :P

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

camila disse...

apoiado amiga.
Eu b queria meu príncipe, mais depois do término do meu namoro vi que nem td São flores, nem td é fácil... Então enquanto não aparece ninguém para eu amar eu vou cuidar de mim ^^

Beijos
http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

Érica Lopes disse...

Vinícius, que lindo! Leia mesmo hehehe obrigada pelo carinho ^^

Lu, eu tb amo reconciliações.... rs

Mi, príncipes só existem na nossa imaginação né? Cuide mesmo de você!

Beijokas

Geê disse...

Lindo texto Érica *-*
E realmente é verdade, nós geralmente deixamos o lado mimado e egoísta falar mais alto :(

Beijos
Geê - almaleitora.blogspot.com.br

Neiva Meriele disse...

Lindo seu texto Keka. Dizem os sábios que só é amor quando vc consegue ver os defeitos, quando tudo está perfeitinho não é amor.

Os momentos baixos também fazem partes da vida, nós é que temos uma tendência à perfeição kkk.

Beijos.

Paloma Viricio:: Jornalismo na Alma:: disse...

Muito bom o texto!^^ O amor tbm é imperfeito. E você falou de filmes e livros, mas até neles o amor anda bem real ultimamente...sem muito contos de fadas!kkk
Beijos!
Paloma Viricio_ Jornalismo na Alma

The Lazy Girls disse...

Érica eu já te disse que adoro o jeito que você escreve? Pois é, eu adoro, e amei o texto, é tudo verdade, muitas vezes nós (mulheres) pensamos em homens perfeitos sem defeitos e que vão nos entender em tudo e que vai ser que nem nos filmes, tudo sempre lindo, para se notar as coisas boas temos que ter as coisas ruins, não é verdade?

Tem resenha nova lá no blog, quer ler?
http://falleninme.blogspot.com/ Desde já obrigada!

-MicaScarcella

Marco Antonio disse...

Bom dia Érica,

Achei muito bonito esse texto...sem palavras...parabéns...abçs.


http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

 

Primeiro Livro © 2012 - Todos os Direitos Reservados. Amanda Cristina