21 de julho de 2013

Resenha: À primeira vista - Nicholas Sparks






Nicholas Sparks, Editora Arqueiro, 256 páginas.


Jeremy Marsh tinha três certezas: jamais se mudaria de Nova York, não se apaixonaria novamente e nunca teria filhos. Mas agora ele está prestes a se casar com Lexie Darnell e aguarda a chegada da primeira filha, enquanto conduz a reforma de sua nova casa na pequena cidade de Boone Creek, na Carolina do Norte. Em meio a tantas mudanças, Jeremy luta para reencontrar o equilíbrio pessoal e profissional ao lado da mulher que o fez mudar todos os seus planos. Quando tudo parece estar entrando nos eixos, Jeremy recebe um misterioso e-mail que dá início a uma série de acontecimentos que irão testar a força dessa paixão. Atormentado pela ideia de estar sendo traído, vivendo uma crise criativa que o impede de trabalhar e angustiado com a gestação complicada de Lexie, ele não poderia imaginar que o pior – e o melhor – ainda estava por vir. À primeira vista captura toda a incerteza, a tensão e a angústia da vida desse jovem casal, mas também retrata o romantismo, o companheirismo, a descoberta e o amadurecimento que só o verdadeiro amor pode proporcionar.


“Ele não era ingênuo a ponto de acreditar que eles nunca discutiriam nem ficariam zangados um com o outro, mas tinha certeza de que navegariam com sucesso pelas águas turbulentas, sempre percebendo, no final, que formavam um par perfeito. Na maior parte do tempo, a vida seria maravilhosa.”

Jeremy Marsh deixou sua vida em Nova York e mudou-se para Boone Creek para casar-se com Lexie, que está grávida. Após as mudanças, ele se vê angustiado por uma crise: ele não tem inspiração para escrever. Além disso, as cobranças do casamento, a compra da casa e os e-mails misteriosos atormentam sua vida.

No seu casamento anterior, ele não conseguiu engravidar sua esposa – Lexie o presenteia com um verdadeiro milagre, porém com a gestação complicada, ele e Lexie vivem momentos de tensão.

O livro é muito real, com cenas chocantes e impiedosas. Nicholas é mestre nesse quesito! Se eu fosse colocar uma frase para descrevê-lo essa se encaixaria: É preciso amar as pessoas como se não houve o amanhã...


 Quando olhava para Lexie, agora, tinha certeza de que nunca amaria assim tão profundamente nenhuma mulher. O que ele não sabia, o que não poderia saber, era que os piores dias estavam por vir





* livro recebido pela Editora (parceira) Arqueiro. Obrigada pelo envio Isa.



2 comentários:

Evy disse...

Hummmmm...
Fiquei curiosa pra ler esse livro...
Vou aumentar minha lista!

Beijocas

Marco Antonio disse...

Olá Érica,

Esse livro esta na minha lista de desejados e sua resenha me deixou ainda mais curioso.....abraços.


devoradordeletras.blogspot.com.br


 

Primeiro Livro © 2012 - Todos os Direitos Reservados. Amanda Cristina